Conecte-se conosco

Esporte

Crespo tem o melhor início de trabalho no século e o quinto melhor da história do São Paulo

Comandante argentino chegou à marca de oito vitórias e um empate em dez partidas pelo Tricolor

Publicado

em

Com a vitória do São Paulo sobre o Santo André por 2 a 0, no Morumbi, na noite desta sexta-feira (23), o técnico Hernán Crespo alcançou a marca de oito vitórias, um empate e uma derrota em dez partidas à frente do elenco tricolor.
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Com a vitória do São Paulo sobre o Santo André por 2 a 0, no Morumbi, na noite desta sexta-feira (23), o técnico Hernán Crespo alcançou a marca de oito vitórias, um empate e uma derrota em dez partidas à frente do elenco tricolor.

O desempenho qualifica o treinador argentino com o melhor início de trabalho no clube no século XXI, igualando a campanha de Cuca, em 2004, com 83,33% dos pontos conquistados, considerando apenas jogos de competição oficial (não são levados em conta jogos amistosos para melhor comparar com a situação atual).

Em toda a história, desde 1930, os números do começo da trajetória de Crespo também se sobressaem: é a quinta melhor arrancada nos dez primeiros jogos entre todos os técnicos do São Paulo até hoje. À frente dele, apenas, quatro treinadores campeões: Rubens Salles (vencedor do estadual de 1931), Jim Lopes (campeão paulista de 1953), Pepe (campeão brasileiro de 1986) e Joreca (tricampeão paulista: 1943, 1945 e 1946).

“Se igualamos ou superamos recordes, é mérito dos jogadores. Depois é uma equipe em constante evolução. Estamos no começo da temporada. Falta muito. Tudo isso apenas começou”,

Crespo em entrevista coletiva no Morumbi após a vitória sobre o Santo André. 

A campanha de Hernán Crespo no Tricolor até o momento:

28/02/2021Camp. PaulistaMorumbi1X1Botafogo-SP
03/03/2021Camp. PaulistaLimeirão4X0Inter de Limeira-SP
06/03/2021Camp. PaulistaMorumbi4X0Santos-SP
13/03/2021Camp. PaulistaJ. de Biase1X2Novorizontino-SP
10/04/2021Camp. PaulistaMorumbi5X1São Caetano-SP
12/04/2021Camp. PaulistaMorumbi1X0RB Bragantino-SP
14/04/2021Camp. PaulistaMorumbi3X2Guarani-SP
16/04/2021Camp. PaulistaPq. Antarctica1X0Palmeiras-SP
20/04/2021LibertadoresNacional L.3X0Sp. Cristal-PER
23/04/2021Camp. PaulistaMorumbi2X0Santo André-SP

Confira o ranking geral de melhores começos de trabalhos como técnico do São Paulo:

 TécnicoAno JVED%PG
Rubens Salles – 1ª passagem1931-321091093,33
Jim Lopes – 1ª passagem19531091093,33
Pepe – 1ª passagem19861091093,33
Joreca – 1ª passagem19431082086,67
Hernán Crespo – 1ª Passagem20211081183,33
Cláudio Cardoso – 1ª passagem19611081183,33
Cuca – 1ª passagem20041081183,33

E as campanhas dos dez primeiros jogos de todos os treinadores que alcançaram esse mínimo de partidas desde 2001:

 Técnico AnoJVED%PG
Oswaldo Alvarez – 1ª passagem20011052356,67
Nelsinho Baptista – 2ª passagem20011063170,00
Oswaldo de Oliveira – 1ª passagem20021063170,00
Roberto Rojas – 1ª passagem20031072176,67
Cuca – 1ª passagem20041081183,33
Emerson Leão – 1ª passagem20041044253,33
Paulo Autuori – 1ª passagem20051062266,67
Muricy Ramalho – 3ª passagem20061062266,67
Ricardo Gomes – 1ª passagem20091062266,67
Sérgio Baresi – Interino 1ª vez20101043350,00
Paulo César Carpegiani – 2ª passagem20101052356,67
Adílson Batista – 1ª passagem20111044253,33
Emerson Leão – 2ª passagem20111051453,33
Ney Franco – 1ª passagem20121041543,33
Paulo Autuori – 2ª passagem20131013620,00
Muricy Ramalho – 4ª passagem20131052356,67
Mílton Cruz – Interino 9ª Vez20151070370,00
Juan Carlos Osorio – 1ª passagem20151043350,00
Edgardo Bauza – 1ª passagem20161052356,67
Ricardo Gomes – 2ª passagem20161033440,00
Rogério Ceni – 1ª passagem20171072176,67
Dorival Junior – 1ª passagem20171033440,00
Diego Aguirre – 1ª passagem20181034343,33
André Jardine – 1ª passagem20181032536,67
Cuca – 2ª passagem20191034343,33
Fernando Diniz – 1ª passagem20191052356,67
Hernán Crespo – 1ª passagem20211081183,33

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Flamengo enfrenta hoje o Volta Redonda

Partida válida pela última rodada da Taça Guanabara acontece hoje (24), às 19h, no Maracanã

Publicado

em

O Flamengo entrenta o Volta Redonda, hoje (24), às 19h, no Maracanã. A partida é válida pela 11ª rodada da Taça Guanabara. Em caso de vitória, o time conquistará o título do primeiro turno do Estadual.
Foto: Alexandre Vidal /CRF

Partida válida pela última rodada da Taça Guanabara acontece hoje (24), às 19h, no Maracanã

Continue lendo

Esporte

William, do Palmeiras, iguala Edmundo em número de jogos

Atacante do Palmeiras se ilosou na quinta posição na lista de jogadores com mais vitórias neste século.

Publicado

em

Atacante William, do Palmeiras

Ao ter entrado em campo contra o Guarani, o atacante Willian atingiu um feito duplamente relevante: ele igualou o ídolo Edmundo em número de jogos (agora ambos somam 223) e igualou ainda outro ídolo, que foi o ex-lateral Arce, mas em número de gols – ambos somam 57 bolas na rede e dividem a 46ª posição na lista de maiores artilheiros da história do clube, ao lado de Carrone, que jogou no Palestra Italia no início do Século XX.

“Acho que mais importante que meu gol foi a vitória. Até falei isso antes da partida, no vestiário. Respeito tinha que existir contra o Guarani, mas era um jogo para voltar a vencer na competição. Está em terceiro, e hoje era uma oportunidade boa para conseguir a vitória e pontuar. Feliz pelo gol, mas também pela conquista coletiva”

William, atacante do palmeiras

Além disso, pelo fato de o Palmeiras ter vencido, Willian se isolou na quinta posição da lista de jogadores com mais vitórias neste século, deixando para trás com Márcio Araújo: agora Bigode tem 119 vitórias, contra 118 do volante ex-Palmeiras.

Valdivia, quarto colocado, com 122 vitórias; Fernando Prass, terceiro da lista, com 151; Dudu, segundo, com 174; e Marcos, líder, com 182 triunfos. E em termos de jogos no século XXI, ele aparece na 6ª colocação dos que mais atuaram, atrás do chileno Valdivia, quinto, com 241 jogos; Márcio Araújo, quarto, com 252; Fernando Prass, terceiro, com 274 jogos; Dudu, segundo, com 305 partidas; e São Marcos, líder, com 392 duelos em campo a partir de 2001. Já no que diz respeito à lista de palmeirenses com mais gols no século atual, Willian, com suas 57 bolas na rede, é o segundo jogador do Palmeiras que mais fez gols, atrás só de Dudu, com 70.

No atual elenco palmeirense, Bigode é o jogador com mais partidas (223), gols (57) e assistências (25). O jogador acumula marcas também em competições individuais. É o 9º maior artilheiro do Palmeiras em Brasileiro, com 28 gols, ao lado de Evair e atrás apenas de Jorginho Putinatti (29), Jorge Mendonça (31 gols), Toninho Catarina (32), Edmundo (34), Ademir da Guia (36), Leivinha (40), Dudu (41) e César Maluco (61), sendo o segundo maior artilheiro do Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileiro: 28 gols, atrás apenas de Dudu (41).

Os bons números individuais de Willian em competições não param por aí: ele é o terceiro com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 20, ao lado de Alex e Ademir da Guia e atrás só de Weverton e Dudu (21) e Marcos (27), o quarto maior artilheiro do Palmeiras em Libertadores: nove gols, ao lado de Lopes e atrás apenas de Borja e Tupãzinho (ambos com 11) e Alex (12), e o quinto com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 31, atrás apenas de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

Diante de tantos índices positivos, não podia faltar o Allianz Parque, palco do confronto dessa noite. No templo sagrado do Verdão, Willian é o vice-artilheiro (22 bolas na rede, atrás só de Dudu, com 33), o segundo em jogos (91, também atrás só de Dudu, com 127) e o terceiro em assistências (11, ao lado de Lucas Lima e atrás de Marcos Rocha, com 13, e Dudu, com 35)

Continue lendo

Popular