Uber registra prejuízo de US$ 2,9 bilhões nos três primeiros meses de 2020

0
Social

A Uber registrou prejuízo de 2,9 bilhões de dólares no primeiro trimestre de 2020. O resultado negativo inclui uma baixa contábil de US$ 2,1 bilhões relacionada ao valor de investimentos da empresa. Apesar do prejuízo, a Uber disse perceber estimúlos em mercados de países atingidos pela pandemia de coronavírus.

A empresa divulgou alta de 14% no seu faturamento, alcançando US$ 3,54 bilhões. Mas a divisão de transporte da Uber teve queda de 18% nas receitas em relação ao trimestre imediatamente anterior ao primeiro de 2020. A justificativa para a diminuição nos ganhos foi a queda na demanda de corridas durante a pandemia de coronavírus que afetou todos os países onde a empresa atua.

A área responsável pela alta no faturamento da Uber foi o serviço de entrega de comida – Uber Eats, que teve um aumento de 11% no primeiro trimestre deste ano.

A Uber anunciou na última quarta-feira(6) um corte de 3,7 mil empregos na companhia e a diminuição do salário do presidente-executivo Dara Khosrowshahi até o final do ano de 2020.

“Como não sabemos por quanto tempo durará uma eventual recuperação, estamos tomando medidas para equilibrar nossos custos com o tamanho do negócio atual”, disse a companhia em comunicado sobre os cortes.

Trecho do comunicado da Uber à imprensa internacional sobre cortes na empresa.
Conteúdo Relacionado
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *