Conecte-se conosco

Biografia

Quem é Sergio Moro?

Ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça no governo Bolsonaro, Sérgio Moro é pré-candidato a presidente da República em 2022 pelo Podemos

Publicado

em

Quem é Sérgio Moro? Vida, formação, carreira, família e política

Nos últimos dias um nome voltou a ocupar o notíciario da imprensa brasileira: Moro. Mas quem é Sergio Moro? Conhecido como ex-juiz da Lava Jato que condenou à prisão nomes poderosos da política e do mundo empresarial brasileiro, Sergio Moro foi de herói brasileiro a um alvo preferencial do bolsonarismo.

Mas afinal, quem é Sergio Moro? Por que ele tem ameaça a posição eleitoral tanto do ex-presidente Lula (PT) quanto a do atual presidente da República, Jair Bolsonaro?

Biografia de Sergio Moro

Nome completo: Sergio Fernando Moro
Data de Nascimento: 1 de agosto de 1972 
Naturalidade: município de Maringá, estado do Paraná 
Filiação: Odete Starke Moro e Dalton Áureo Moro

Descendência e filiação:
Sergio Moro é descendente de de italianos. Seus pais, Odete Starke Moro e Dalton Áureo Moro, são naturais de Ponta Grossa, também no Paraná. Dalton Moro, falecido em 2005, era professor de Geografia da Universidade Estadual de Maringá, Odete, sua mãe, também era professora de Português e Literatura.

Irmãos:
Sergio Moro tem apenas um irmão, César Fernando Moro, empresário da área de tecnologia.

Personalidade:
Sergio Moro é descrito pelos parentes e amigos como alguém reservado, discreto, concentrado nos estudos e de hábitos simples.

Carreira de Sergio Moro

Formado em Direito pela Universidade Estadual de Maringá (PR) – 1995.
Mestre em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná – 2000.
Doutor em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná – 2005

Magistratura

Em 1996, passou no concurso para juiz federal substituto em Curitiba. No mesmo ano, logrou êxito no concurso para professor da Universidade Federal do Paraná. Somente em 1998, Sergio Moro asusmiu o cargo de juiz federal titular.

Em 2002, Moro ocupa, como juiz titular, a 2ª Vara Federal de Curitiba – especializada em lavagem de dinheiro e crimes contra a ordem econômica nacional.

Sua carreira como magistrado durou 22 anos, sendo encerrada com o sua saída da Justiça Federal no final de 2018 quando aceitou o convite para integrar o governo recém eleito de Jair Bolsonaro como Ministro da Justiça e Segurança Pública, permanecendo no cargo de janeiro de 2019 a abril de 2020.

Posse de Sérgio Moro como Ministro da Justiça do Governo Bolsonaro: ali está selado o fim da sua carreira como magistrado e o início de uma jornalida que envolveu perseguição e a abertura para a vida política.
Sergio Moro na posse como ministro da Justiça: por desconordar de Bolsonaro deixou o cargo em pouco mais de um ano
Foto: Alan Santo \ PR

Casos emblemáticos na carreira de juiz de Moro

Sergio Moro atuou como juiz entre 2003 e 2007, no caso Banestado, que culminou na condenação de 97 pessoas, na Operação Farol da Colina, desdobramento do caso Banestado, no qual decretou a prisão temporária de 103 suspeitos de evasão de divisas, sonegação, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Como juiz da Lava Jato, Sérgio Moro condenou nomes poderosos como o ex-presidente Lula e o empresário Marcelo Odebrecht
Operação Lava Jato levou à prisão de 175 pessoas; Sergio Moro era o juiz de primeiro grau | Foto Tânia Rêgo/ Agência Brasil

Em 2012, tornou-se, a convite da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, seu axuliar no caso do Escândalo do Mensalão. Weber convocou Moro devido a sua especialização em crimes financeiros e no combate à lavagem de dinheiro.


Quem é Sergio Moro?
Moro decretou a prisão do ex-presidente Lula numa das sentenças da Lava Jato | Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil

Os julgamentos mais emblemáticos de Sergio Moro foram os relacionados à operação Lava Jato, que ganhou projeção nacional e internacional por ser a maioria operação de combate à corrupção já ocorrida no Brasil. Foram 175 prisões de empresários, políticos, lobistas e doleiros.

Entre os vários nomes, o mais emblemático foi o do ex-presidente Lula. Naquele ano, pela primeira vez, um político que havia exercito o cargo de Presidente da República foi preso. Outros nomes foram do empresário Marcelo Odebrecht e do ex-ministro José Dirceu.

Carreira Política

Sergio Moro filiou-se ao Podemos no dia 10 de novembro de 2021, sendo o escolhido do partido como pré-candidato à Presidência da República. Em entrevistas, Moro tem dito que está liderando um projeto de país.

Sérgio Moro se filiou ao Podemos para ser pré-candidato à Presidência da República.
Ato de filiação de Sergio Moro ao Podemos | Foto: Divulgação / Podemos

Apesar de ter sua carreira associada ao combate à corrupção, Sergio Moro também apresenta em suas falas como pré-candidato a presidente discussões sobre a economia e segurança pública. Em seu discurso de filiação, falou da necessidade de combater a pobreza e a miséria no país.

Família e vida privada de Sergio Moro

Rosângela Wolff Moro, advogada e esposa de Sérgio Moro: os dois se conheceram quando ele era professor e ela cursava direito
Rosângela e Sergio Moro: o casal tem dois filhos

Casado com a advogada Rosângela Wolff Moro, o casal se conheceu quando Moro dava aulas na faculdade que Rosângela cursava, mas só começaram um relacionamento após ele deixar a sala de aula. Sergio e Rosângela têm dois filhos. A filha, nascida em 2000, é estudante de direito e o mais novo, um adolescente, ainda não cursa faculdade.

A família havia se mudado para os Estados Unidos onde Moro começou a trabalhar para o a empresa de consultoria estadunidense Alvarez & Marsal. O ex-juiz continua dando palestras sobre direito e economia, lançou recentemente o livro Contra o Sistema da Corrupção. Sou empresário no setor é Dody Sirena, o mesmo do cantor Roberto Carlos.

A trajetória de vida de Sergio Moro foi marcada por jornada de 22 anos como juiz pela qual teve reconhecimento popular por sua atuação, condenando nomes poderosos do cenário nacional. Após deixar o governo de Jair Bolsonaro, sofreu, por dois anos ataques constantes da militância bolsonarista.

Moro, na político, vai lutar no mesmo campo de batalha de seus principais opositores: o ex-presidente Lula e o próprio Bolsonaro. Com as mesmas armas: o discurso e o voto.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Tendência